Rua Gralha Azul

Extensão: 120 metros
Bairro: Martello
Lei 1725/2002


Em 2002, uma nova iniciativa de organização das vias da cidade foi efetivada através da denominação das ruas dos loteamentos Santa Terezinha 1 e 2, que formam a “vila Santa Terezinha”, dando às vias daquela região da cidade os nomes de pássaros de nossa fauna.
Foram denominadas 10 ruas através desta lei: Andorinha, Beija-Flor, Canário, Gralha Azul, João de Barro, Papagaio, Periquito, Pica-Pau, Sabiá e Tico-Tico.

A gralha-azul é uma ave da família dos corvídeos, com aproximadamente 40 cm de comprimento, de coloração geral azul vivo e preta na cabeça, na parte frontal do pescoço e na superior do peito. Machos e fêmeas tem a mesma plumagem e aparência embora as fêmeas em geral sejam menores.

As gralhas-azuis são aves muito inteligentes. Sua comunicação, bastante complexa, consta de pelo menos 14 termos vocais bem distintos e significantes. Gregárias, as gralhas-azuis formam bandos de 4 a 15 indivíduos hierarquicamente bem organizados, inclusive com divisão de clãs, bandos estes que se mantêm estáveis por até duas gerações.

A gralha-azul é o principal animal disseminador da araucária uma vez que, durante o outono, quando as araucárias frutificam, bandos de gralhas laboriosamente estocam os pinhões para se alimentar.

Neste processo, as gralhas-azuis encravam fortemente os pinhões no solo ou em troncos caídos no solo, já em processo de putrefação, ou mesmo nas partes aéreas de raízes nas mesmas condições, local propício para a formação de uma nova árvore.